terça-feira, junho 26, 2007

Daydream

a série dá uma paradinha no final do semestre, por causa dos mil trabalhos e provas finais. Mas volta ainda nas férias. Aguarde o próximo episódio. Por enquanto, daydream.

Naquele ano, como em muitos outros, as aulas iam começar no dia seguinte ao seu aniversário. Mas aquele era um aniversário especial para Nick. Não só pelo fato de ter coincidido (fato também não raro) com o dia do Trabalho, mas pelo fato de que faria 15 anos. A idade significava mais coisas para aquele jovem do que para qualquer outro. Eram 15 anos de uma vida de sonhos e vontades, que nem mesmo a dureza da realidade conseguia diminuir. O onirismo de sua vida se encontrava em cada gesto seu, desde que acordava de manhã até o momento em que ia dormir. Era aí que ele sonhava, durante o tempo em que estava acordado. Porque aí sim sonhava um sonho sólido e tinha certeza de que tudo aquilo que vinha durante a noite não eram só desejos inconscientes.
Aos 15 anos, ia começar o colegial. E iria pela primeira vez entrar em Dreamhill High como aluno. E como habitante daquele universo atraente da adolescência. O palco das magníficas histórias que só conhecia pelos filmes e pelos suas próprias histórias, escritas por anos a fio...

3 comentários:

Du disse...

Hey! Gostei do texto!
Que tempo que eu ñ visitava aqui hein?

Michereff disse...

^^
Me faz lembrar do meu primeiro dia (ou melhor, primeira noite) do ensino médio. Sentia que abelhas picavam meus tornozelos e pardais puxavam os ombros da minha camiseta. Foi ótimo, pois foi a minha primeira sensação de liberdade (mesmo não sendo tão de larga escala assim...).

Abraços!


PS.: 3ª parte da série Momentos no meu blog.
hehehehe!

michereff disse...

ah! vc atualiza o nome do meu blog no seu link?
^^
*como eu sou chato!
UAHuahUHAUhoauHOA!!!