quinta-feira, agosto 10, 2006

Episode 5.09 [ Say It Ain't So! ]

Episode 5.09 [ Say It Ain't So! ]

Tô tão cansado já... ouvindo as mesmas músicas velhas e vendo os amigos de antes se distanciarem como areia escorrendo pelos dedos... e muito cansado dessa vida amorosa falida. Permita-me ser pessimista e depressivo.

"Parece que vai ser sempre assim... nada dá certo pra mim!
E de novo a banda na TV tira as palavras da minha boca e traduz fielmente os meus próprios sentimentos. Faria tanta diferença ouvir dizer que alguém gosta realmente de mim, algo além do velho conhecido "me desculpe, mas..."
Seria tão diferente se eu pudesse amar tão intensamente sem me preocupar com a recíproca. Mas nada de altruísmo no meu café. (eu nem tomo café)
A história se repete quando eu pensei que tudo tinha mudado, e parece que eu sempre vou me sentir como um garoto de 15 anos. Mais uma vez eu fiquei em segundo lugar e no momento não consigo encontrar algo em que eu realmente seja "o melhor".
Tudo o que eu preciso é que alguém me dê realmente um pouco de atenção sem que eu precise pedir.
Mas não faço falta...
"Mr. Cellphane"
transparente...

Só o amogo, só o que conta e o que ouve, só o que guarda segredos e ouve as explicações. Só op que observa, nunca o que participa... Só o que está, nunca o que É...

Nem ouço mais sobre o amor nos meus sonhos...

Faz muito pouca diferença olhar pra trás a não ser pra pensar o que de bom eu posso tirar dos meus erros. Mas onde foi mesmo que eu errei?
Só quero me apaixonar.
Só quero nunca me apaixonar.
Só quero ser um pouquinho feliz.
E se puder, nunca mais sofrer.

Mas parece que vai ser sempre assim... nada nunca dá certo pra mim.
"But I have one last cry before I leave it ALL behind"

Soundtrack: One Last Cry, by Marina Elali

Diga que não é verdade (Say it isn't so!): filme tipo sessão da tarde de qualidade um pouco duvidosa. Feito em 2001, trouxe Chris Klein e Heather Graham como um casal de jovens apaixonados que acabaram desocbrindo segredos que os impediam de ficar juntos. Descobrir verdades demais é prejudicial à saúde mental.

7 comentários:

Mari disse...

Juro que não fiquei feliz de ler isso...
Td tá carregado de infelicidade e vc nunca pode ser assim!
Passageiro isso. Vc nao eh um celofane viu?
Depois a gente conversa.
Beijos

mrs natalie disse...

num gosto de te ver assim entao tbm num vo falar nada.

Ankh disse...

Já acreditei que nunca encontraria um amor.

Du disse...

Eita !

Michele disse...

O que que é isso de altruísmo no café?! Vixi, o trem deve tá feio!

Michele disse...

Vou te contar uma coisa, tudo isso, todo esse sentimento, esse sofrimento, essa gunia, essa angústia, tudo enfim, tudo é apenas adubo pra você crescer e tudo, tudo passa. Não tenha pressa em ser amado. Ame sem pressa. O resto chega, se aproxima, insinua e te invade, quando você percebe, já está todo tomado e não há nada que se possa fazer a não ser se render. No ano passado, nunma hora dessas, ia dizer pra você que felicidade é só isso, essa antireciprocidade, esse medo de explosões, esses sentimentos contido... MAs a vida é muito mais. Você é tão jovem e tudo é tão volátil nessa idade, se desmancha tão facilmente. COm a maturidade, você descobre valores importante no seu coração e só aí pode dividir isso com alguém, que com certeza vai querer dividir com alguém tão lindo, tão inteligente, tão criativo, tão engraçado e tão especial como você!

henrique disse...

um dia, em algum lugar, se vc nao deixar escapar...
acho q existe alguem q pode ser tudo oq vc quer, e sem pedir