sábado, outubro 07, 2006

Episode 5.17 [ A Dog Day Afternoon ]

Episode 5.17 [ A Dog Day Afternoon ]

Me reservo o direito de acordar de mau-humor e de pisar com o pé esquerdo no chão. Me reservo o direito de dizer "não é nada" quando me perguntam o que foi que houve comigo pra eu ficar assim. Me reservo o direito de passar o dia calado sem que eu mesmo consiga identificar o real motivo. Tem dias que você só quer descansar. E ficar sozinho. E não sentar à mesa no almoço. E não sair com os amigos. Só que simplesmente não está acontecendo nada. Estou na mesma, cada vez mais parecido com o Charlie Brown, ouvindo as mesmas músicas e tendo os mesmos pensamentos. Tentando só fazer o tempo andar mais devagar e protelando as obrigações. Oh, bother...
Mas eu ainda tenho uma idéia na cabeça, uma câmera na mão e um amor eterno, permanente (platônico, é claro).
Me reservo o direito de escrever um post desprovido de sentido ou emoção.

A Dog Day Afternoon - Um dia de cão: Al Pacino protagoniza em 1975 a história de dois ladrões que planejaram realizar um assalto a banco que durasse apenas 10 minutos mas que, 10 horas depois, ainda permaneciam no banco cercados pela polícia, pela imprensa e pelos curiosos de plantão.

Soundtrack: Bad Day, by Daniel Poyter

7 comentários:

nat, without much to say in here disse...

que amor eterno?

Ankh disse...

Entendi.
Espero que vc já esteja melhor... e reserve sua agenda para nós no feriado pq VEM COISA BOA PRA VOCÊ, MEU BEM. huahuhauah

Du disse...

Hum...
A gente fica um tikim preocupado, mas tudo bem. Vc realmente tem esse direito.

guess disse...

here's me thinkinh there was a new post. i'm learning some things with you =) tell about them later baby
love ya

padeira disse...

Você é livre pra ficar como quiser, mas enquanto você está de mal humor, as pessoas estão sorrindo, enquanto você fica com essa eterna frustração, a felicidade, a alegria passam lotadas por você, enquanto você não abraça ou enquanto você cria linhas imaginárias entre você e as pessoas, essas pessoas estão buscando e crescendo e algumas delas sempre esperaram de você um pouquinho de afeto... Pense nisso. Você pode ficar de mal humor o quanto quiser, mas lembre-se que seu mal humor pode ter efeito colateral. Sorria e seja feliz, a festa é pra você também. Abrace seus irmãos e não finja que está tudo diferente.Na verdade, sempre estivemos esperando por você.

henrique disse...

vou me reservar o direito de não comentar nada de util sobre esse post....
"faça o que tu queres, pois há de ser tudo da lei"
andei pensando nessa frase outro dia....

e, ah!, assisti O Fabuloso Destino de Amelie Poulain
muuuuito bom, muito bom, muuuuuuuito bom! tenho q ver mais umas tres vzs, soh q acho q num vai dar... o.o
q droga....

Otavio Cohen disse...

errata: é POWTER, não POYTER. Erro de digitação.